Multi_Ocupação | Recessão é um fenômeno natural

Todos saímos do Teatro Oi Futuro Flamengo em algum grau impactados, assim, sem palavras logo de cara, sabe? A performance dos “meninos” do 1024 Architecture, que abriu nossa fase Ocupação nessa quinta-feira (5), foi um mergulho na antevisão, num 2025 de recessão. Ficou a sugestão de que tentar dominar a tecnologia é caminho para controlar o mundo onde sobrevivemos, como disse o próprio François Wunshel, integrante da dupla.

Multiplicidade05-11-15- Baixa- RenanLima-93

“Recessão é um fenômeno natural do mercado econômico“. Foi com essa frase que ele deu o play na apresentação, entoando seu sotaque francês numa mistura de teatro, projeção e música. Estreou, assim, no Brasil, o último ato da trilogia “Euphorie, Crise e Recession“.

Na ‘antevisão’ da dupla, a recessão é a oportunidade do mundo de mudar. “Nós temos cientistas, engenheiros, tecnologia. É tempo de encontrar novas ideias, de pensar para onde estamos indo e se de fato queremos ir nessa direção.”

Multiplicidade05-11-15- Baixa- RenanLima-82

Os dois são pioneiros mundiais no uso de plataformas transversais, de linguagens híbridas, de mapping – já vivenciam um relacionamento maduro com seus softwares, e, com isso, são capazes de ir além.

“Se você deixar o sistema, os políticos, a economia dominarem a tecnologia, vai ter menos privacidade e isso é pesadelo. As pessoas devem ter o controle; eu tento o máximo que posso conhecer as ferramentas à disposição”.

Multiplicidade05-11-15- Baixa- RenanLima-97

Essa tentativa contínua é trabalho duro, diz Fernando FAVIER, o outro membro da dupla. “A pergunta que me faço é ‘como podemos fazer diferente diante da universalidade de ferramentas?’ Todos estão ‘whatsapping’, ‘skyping’ ao mesmo tempo… Como achar nossa personalidade? Talvez a resposta esteja no mix de linguagem”.

O projeto “Recession”, que está em turnê mundo afora, questiona a escassez de recursos, a obsolescência tecnológica, a necessidade de percebermos melhor nossos ambientes, os espaços onde vivemos. Como aponta François, com seu olhar de arquiteto, “gostaria que as pessoas fossem o centro dos seus próprios movimentos“.

Você é?

Multiplicidade05-11-15- Baixa- RenanLima-102

Bem-vindo ao Multi_Ocupação, que só começou.

Fotos: Renan Lima / 14

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>