Quem foi John Cage?

In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2012. [Consult. 2012-11-21].
Texto original disponível em http://www.infopedia.pt/john-cage

John Cage foi um compositor norte-americano nascido em 15 de setembro de 1912, em Los Angeles, Califórnia.

Um dos mais controversos e influentes compositores do séc. XX, é considerado o pai do indeterminismo, corrente inspirada na filosofia budista Zen, que rejeita os princípios convencionais da criação musical, em favor de uma abordagem radical baseada na improvisação e na construção aleatória de sons.

Estudou composição com Henry Powell, Adolph Weiss e Arnold Schoenberg. Nos anos 30 deu início a duas das suas dedicações para toda a vida: as companhias de dança e acomposição para grupos de percussão. Durante esta década compôs Imaginary Landscape No. 1, uma das suas mais conhecidas obras.

Constructions (1939, 1940, 1941) foram três trabalhos para percussão, em que são utilizados objetos como latas de metal ou peças de automóvel.

Em 1938, inovou ao colocar vários objetos como parafusos e borrachas entre as cordas do piano paramodificar os sons do instrumento e assim sugerir uma orquestra de percussão. Este artifício ficou patente em trabalhos como Amores (1943) e Sonatas And Interludes (1948).

Outros trabalhos na década de 40 incluíram Imaginary Landscape No. 2 (1941) e The Perilous Night (1944),que foi composta para a companhia de dança do coreógrafo Merce Cunningham. Muitas das suas obras nosanos 40 foram compostas para acompanhamento de dança. O objetivo passava por produzir música e dançaseparadamente, sem conhecimento mútuo, até se juntarem no espetáculo. Esta ideia foi desenvolvida naapresentação simultânea das obras Aria e Fontana Mix (as duas de 1958).

Em 1949 foi-lhe atribuído um prémio pela Academia Nacional de Artes e Letras.

Em finais dos anos 40 sofreu a influência da filosofia budista Zen. Reduziu a importância musical docompositor, preferindo buscar a música no meio ambiente. Utilizou o silêncio como elemento musical.

Em Music Of Changes (1951) para piano, combinações de notas ocorrem numa sequência determinada pelosom de moedas agitadas, de acordo com o livro chinês Book Of Changes, Yijing.

Em Imaginary Landscape No. 4 (1951), o som provém da transmissão aleatória de doze aparelhos de rádio.Em 4’33” (1952), os executantes sentam-se silenciosamente perante os instrumentos, e os sons soltos quesão produzidos pelo ambiente constituem a música.

Outro trabalho que se destaca é Theatre Piece (1960).

Os seus trabalhos influenciaram um grupo de compositores de Darmstdt (onde Cage ensinou na década de50), incluindo Karkheinz Stockhausen, e as técnicas aleatórias de Lutoslawski. Por sua vez, Cage ganhou ointeresse pela música eletrónica – patente em Williams Mix (1952), Fontana Mix (1958), e Cartridge Music(1960) -, e em partituras gráficas, nas quais a notação musical convencional é substituída por símbolosespecialmente elaborados – tal como em Music For Carillon no. 1 (1952) – ou por imagens preexistentes -como em Renga (1976), onde são utilizados desenhos de Henry David Thoreau.

Nos últimos cinco anos de vida, Cage compôs mais de 60 obras, cujos títulos refletem o número deexcutantes envolvidos., tal como em Four, para quarteto de cordas (1989), Twenty-Six, para 26 violinos(1992), e 108, para uma grande orquestra (1991).
Os seus livros, compostos de conferências e contos, assumem por vezes os princípios de construçãoaleatória da sua música, destacando-se Silence (1961), A Year From Monday (1967), Empty Words (1979), eX (1983).

Em 1968 foi eleito para o Instituto da Academia Americana e para o Instituto de Artes e Letras. Em 1986recebeu o Doutoramento Honorário em Artes pelo Instituto das Artes da Califórnia.

Faleceu em Nova Iorque, a 12 de agosto de 1992.

Publicado em Sem categoria por blogmultiplicidade. Marque Link Permanente.

Sobre blogmultiplicidade

O Multiplicidade_Imagem_Som_inusitados é um festival de performances audiovisuais que acontece desde 2005 no Rio de Janeiro e que mostra ao público um amplo repertório de atrações no Oi Futuro Flamengo e na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. O seu principal conceito é unir em um mesmo palco arte visual e sonoridade experimental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>