very very Blind Date

Ontem, o Rio, assim como 10 outros estados brasileiros, sofreu um avassalador apagão. Nesse exato momento de breu repentino, Naná Vasconcelos, DJ Dolores, Raul Mourão e Leo Domingues, acompanhados por uma sensacional banda ocupavam de uma maneira ou de outra o palco do Oi Casagrande.

DSC_7936 cópia

Mas desprovidos de tecnologia, sobrou o talento, que havia de sobra em todos os presentes no palco e também na platéia. Munido ora de prato, ora de berimbau, Naná foi trazendo o público de suas cadeiras para a frente do palco, iluminado apenas pelas luzes de segurança e lanternas da produção. Alguns abriram os guarda-chuvas, e todos cantavam e dançavam regidos pelo maestro Vasconcelos, que foi aos poucos sendo acompanhado por toda a banda.

DSC_7794 cópia

Num pacífico e animado cortejo, a percussão, os metais, os convidados, todos foram caminhando até a rua, onde uma roda musical se formou, despertando a atenção dos moradores dos prédios vizinhos.

Blind Date Multiplicidade 3

O clima era de total alegria e integração. Imagem e som inusitados como nunca antes visto, no mais real Blind Date possível. E nós queremos manter essa conectividade, portanto fizemos um vídeo de convocação. Se você tem fotos, vídeos e/ou opiniões sobre o histórico Blind Date de ontem, mande para info@multiplicidade.com ou através do nosso Twitter.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=tJ12suxmcxY&hl=en&fs=1&]

Fotos de divulgação por Rodrigo Torres.

1 pensou em “very very Blind Date

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>