Lab Criativo BRAxUK – Dia #3

Terça, 27 de Outubro de 2015

As atividades do terceiro dia do Lab Criativo foram realizadas no complexo da Maré. O grupo foi recebido pela coreógrafa Lia Rodrigues no Centro de Artes da Maré e, depois de uma conversa, foi feita uma dinâmica de grupo, conduzida por Amália Lima, assistente de Lia.

Dinâmica de grupo

Eliana Souza Silva apresentou o trabalho realizado pela Redes da Maré, ressaltando a importância do mapeamento das ruas da favela. Durante sua fala, o Centro recebeu a visita do secretário municipal de cultura, Marcelo Calero, e do deputado Pedro Paulo.

Eliana_Maré

No começo da tarde, o grupo caminhou até a Lona Cultural Herbert Vianna, onde foi servido almoço preparado pelo buffet Sabores da Maré. Geisa, a coordenadora da Lona, falou sobre o trabalho e os projetos realizados lá.

Depois do almoço, foi apresentada a Biblioteca Popular Lima Barreto. Na biblioteca infantil, o índio Na Isi Kayawa estava apresentando o Livro da cura do povo Huni Kut do rio Jordão para crianças da comunidade. Na biblioteca, foram apresentadas as oficinas Mão na Lata, de fotografia com câmera pin-hole, e Arte em Azulejo, voltadas para crianças.

Depois das visitas, o grupo se reuniu para trocar impressões e ideias com Lia Rodrigues e Eliana Souza Silva. Lia comentou que a Redes instituíram um lugar onde os jovens passaram a vislumbrar a possibilidade de ser artista.

Os temas mais discutidos foram espaço, território e visibilidade. Surgiram relações entre o trabalho corporal realizado pela manhã e a experiência de caminhar pelas ruas da favela. Em um dos exercícios da dinâmica, o grupo foi orientado a ocupar apenas um quarto do palco e caminhar sem esbarrar uns nos outros, o que remeteu à sensação de caminhar pelas ruas estreitas e lotadas. Em outro, os participantes formaram uma roda e um por um deram a volta olhando nos olhos dos outros, o que provocou uma reflexão sobre ver os moradores da comunidade e ser visto por eles.

Centro de artes da Maré

Depois, foi feita uma visita à exposição Travessias – Arte Contemporânea na Maré, no Galpão Bela Maré.

Bela Maré

O dia terminou com um lanche servido por Dona Marinalva em outra localidade da Maré. As atividades nos fizeram conhecer diferentes partes da Maré.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>