Vídeo da apresentação de O Manifesto Futurista

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=opQZut65Ng8]

No início do século passado, mais precisamente no ano de 1909, o italiano Filippo Marinetti escreveu e publicou no jornal Le Figaro o poema Manifesto Futurista, declamando alí a identificação do homem com a máquina, o culto à velocidade e o dinamismo, marcando a nova era industrial em que a Itália se modernizava e buscava seu papel no novo século que se iniciava.

 

Cem anos depois, o alemão Thomas Köner criou a performance O MANIFESTO FUTURISTA, apresentada junto à sua esposa, Ivana Neimarevic, no quinto dia da semana especial do Festival Multiplicidade. Nela, o artista criou um trabalho audiovisual único, com uma narrativa formada por imagens da época retrabalhadas em novas formas. Ao mesmo tempo, a pianista trabalhava com as cordas do piano, cujas frequências eram transmitidas para Köner para serem manipuladas e remixadas ao vivo, com um clima bem sombrio.
Thomas é um artista multimídia importantíssimo dentro da música eletrônica experimental mundial, com uma carreira consistente dentro do cenário de arte e tecnologia. Seu trabalho se baseia em combinar experiências visuais e sonoras, criando performances audivisuais e contextuais. Ao longo de sua carreira, criou diversas instalações e ambientações sonoras minimalistas, chegando até à produção do gênero músical conhecido como dub techno, e hoje se dedica à música ambiente experimental.

http://www.koener.de/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>