Lise e L_ar no Multiplicidade

Lise (Daniel Nunes) e L_ar (Leandro Araújo) são uma dupla de artistas multimídia de Belo Horizonte, Minas Gerais, que utilizam paisagens sonoras como linha de trabalho, criando uma espécie de imersão audiovisual em ambientes captados previamente, sendo musicados ao vivo junto à projeções interativas.

Este conceito, desenvolvido pelo compositor e estudioso de ambientes R. Murray Schafer, define que sons ou combinações sonoras são, na verdade, o que se chama de ecologia acústica de um local. Tanto barulhos vindo de fontes naturais (como o vento, pássaros) como de intervenção humanas (buzinas de carros e fala, por exemplo) formam uma ambientação rica de informação e matéria-prima.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=gcu04E5-3JM]

A apresentação iniciou-se do lado de fora do teatro, onde, utilizando o Skype e um telefone com acesso à internet, Lise captava e enviava sinais sonoros que interagiam com as projeções dentro do teatro. A obra tomou forma em quatro atos, divididos em diversas regiões pré-mapeadas pela dupla, executadas ao vivo com a utilização de instrumentos musicais reais, como bateria e um vibrafone.

Com duração de aproximadamente 50 minutos, os artistas replicaram diversas partes de sua cidade-natal, como o Parque Municipal e a Praça Sete de Setembro, mesclando a novos sons captados no ambiente do Oi Futuro Flamengo.

Multiplicidade apresenta: Lise + L_Ar – Reações Visuais

Produzir uma opereta a partir de vozes, ruídos e todo tipo de manifestação sonora gerada ao longo de um deslocamento em espaços urbanos é o que propõem Lise + L_ar, atração do dia 29 de setembro no festival Multiplicidade_Imagem_Som_inusitados.

Ao capturar o que chama-se de espírito sonoro das cidades, a dupla transforma esse conteúdo em matéria-prima de suas apresentações. Por essa linha, diversas cidades brasileiras como Belo Horizonte (MG), São Luiz (MA), dentre outras, receberam uma espécie de mapeamento auditivo compondo uma performance visual multimídia e criando uma verdadeira paisagem sonora destes lugares.

Ambos os artistas já tiveram seus trabalhos solos expostos em diversos centros de arte e tecnologia do Brasil, como o Oi Futuro Belo Horizonte e o Itaú Cultural, além de participar de festivais como o FILE.  Reações Visuais ganhou diversos prêmios como “Interações Estéticas“ (Funarte 2008), ”Rede Nacional Artes Visuais” (Funarte 2009) e o “Rumos Itaú Cultural” (2009).

Para o Festival, a dupla traz além das peças criadas ao longo de 3 anos, capturas visuais e sonoras recém-registradas, com a intenção de realizar uma performance única e inédita ao vivo: o som do público será registrado instantes antes da performance e será a base de uma peça de improviso gerada pela paisagem sonora local.

Leandro Araújo (L_ar) é arquiteto de formação e artista multimídia que trabalha com diversas disciplinas da arte digital, como software-arte, instalações, performances multimídia e interatividade. Foi ganhador dos prêmios “Bravo! Bradesco Prime 2010” na categoria Arte Digital e “Rumos – Itaú Cultural” na categoria Arte Cibernética; Interações Estéticas e Rede Artes Visuais também em 2010.

Daniel Nunes (Lise) é um multiinstrumentista que também flerta com o universo audiovisual, e compõe trilhas para diversas meios como teatro, curta-metragens e internet, além de criar e gerenciar o selo mineiro Le Petit Chambre, dedicado à música experimental.

Abaixo, um vídeo editado com um pouco do que a dupla Lise + L_ar trará dia 29 de setembro ao Multiplicidade.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=m3PYlwAMEsw]