Serviços da segunda metade do Festival Multiplicidade 2011

>> Dia 27 de Novembro – Projeto Cavalo na Praça Xavier de Brito

Onde: Praça Xavier de Brito, entre a Avenida Maracanã e Rua Dr. Octavio kelly. A partir de 12:00

Ingressos: Gratuito. Vans saindo do Oi Futuro Flamengo às 11:30 (sujeito à lotação)

>> Dia 29 de Novembro – O Manifesto Futurista

Onde: Oi Futuro Flamengo, 19:30 (88 lugares).

Ingressos: R$15 (R$7,50 para estudantes).

Locais de Venda:

A partir de 28/11 em www.ingresso.com  (30% dos ingressos apenas)

A partir de 29/11 no Oi Futuro Flamengo

>> Dia 30 de Novembro – Matéria Obscura

Onde: Oi Futuro Flamengo, 19:30 (88 lugares).

Ingressos: R$15 (R$7,50 meia-entrada).

Locais de Venda:

A partir de 28/11 em www.ingresso.com  (30% dos ingressos apenas)

A partir de 29/11 no Oi Futuro Flamengo

>> Dia 01 de Dezembro – Kynoramas Glauber Machine

Onde: Oi Futuro Flamengo, 19:30 (88 lugares).

Ingressos: R$15 (R$7,50 meia-entrada).

Locais de Venda:

A partir de 28/11 em www.ingresso.com  (30% dos ingressos apenas)

A partir de 29/11 no Oi Futuro Flamengo

A primeira parte da Semana Especial Festival Multiplicidade 2011

Durante quatro dias intensos, estivemos espalhados por diversos locais do Rio de Janeiro com a primeira parte da nossa semana especial Festival Multiplicidade 2011, que ocupou o Oi Futuro Flamengo, o Instituto Cervantes de Botafogo, o Instituto dos Arquitetos do Brasil e a Praça Xavier de Brito, na Tijuca.

O Projeto Cavalo, criado pelos artistas plásticos Cadu, Paulo Vivacqua, Eduardo Berliner e Felipe Norkus, abriu nossa semana dentro do Oi Futuro Flamengo, casa do Multiplicidade. Com uma performance que envolvia muito de teatro e música, o coletivo que contava ainda com Rodrigo Miravales, Audrin Santiago, Rodrigo Bleque, Adriano Motta (O Divino) e Antônio João, apresentou uma obra visceral, falando da figura do cavalo desde seu nascimento até a morte e hipnotizando um teatro com lotação máxima.

No dia seguinte, estivemos no Instituto Cervantes de Botafogo para a abertura da exposição END, de Carlos Casas, que contou ainda com a exibição do filme “Siberia – Hunters Since the Beginning of Time” no auditório da casa. Bebeto Abrantes, documentarista e diretor da Cara De Cão Filmes e Carlos Alberto Mattos, crítico de cinema, realizaram um debate bastante animado sobre o processo do diretor na criação dos filmes e as dificuldades de filmar nesse ambiente hostil.

Sábado, pela primeira vez Carlos pôde executar sua vídeo-instalação END ao vivo, junto ao coletivo Chelpa Ferro, no Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), com aproximadamente 220 pessoas presentes, em um dos mais belos momentos do festival Multiplicidade até hoje.

Encerrando a primeira metade da semana, os cavaleiros do Projeto Cavalo foram à Praça Xavier de Brito para a derradeira performance dentro da Semana Especial. Mesmo sob chuva, os moradores e os presentes puderam usufruir da charrete e presenciar a intervenção sonora dos artistas.

 

Abaixo, uma galeria com 34 fotos tiradas ao longo dos dias por Rodrigo Torres e Diana Sandres.

Multi_Cinema – Sessões com curadoria Multiplicidade e ROJO®

Para quem curte filmes, videos e animações e já frequentou festivais que já passaram pela cidade, como o RESFEST, a partir de amanhã poderão degustar uma seleção de trabalhos audiovisuais de ponta.

Pela primeira vez, o Festival Multiplicidade abre espaço para uma programação de filmes que dialogam com o perfil plural da cena de arte digital do século XXI. Serão duas sessões, divididas nos dias 29 e 30 de dezembro, uma com curadoria do Multiplicidade e outra com a curadoria de David Quiles Guilló, da ROJO® Contemporary Art Projects.

29 de Novembro – Filmes e Animações com Curadoria Multiplicidade

Nesta sessão, diversos artistas que passaram ou tiveram ligação com o festival terão uma sessão dedicada a exibir seus trabalhos.  Dentre os escolhidos, estão Hardcuore, Xplau, D-Fuse, 1mpar,  Nico Vascellari, Seba Lalleman, Gabriel Mascaro, O DIVINO, Gustavo Lacerda, Rafael Salim e Michal Kosakowski.

29/11 – Teatro Oi Futuro Flamengo/16h/Gratuito com distribuição de senhas 30 minutos antes do espetáculo.

DIA 30 de Novembro – Filmes e Animações com Curadoria David Quiles Guilló _ ROJO®

David Quiles Guilló, fundador do coletivo artístico espanhol ROJO, realizou uma curadoria do mesmo modo como foi feito pelo Multiplicidade. Dentre os artistas, estarão presentes Cristopher Cichocki, Alex McLeod, Sara Ludy, Yoshi Sodeoka, Robert Seidel, Sophie Gateau, 310k, Sergei Sviatchenko, Carolina, Jan Goldfuss, Emilio Gomariz,A. Bill Miller, Boris Hoppek, Jimmy Joe Roche, Beth Wexler, E*ROCK, Abstract Birds & Quayola.

Além destes, teremos um perfil do artista David O’Rilley, artista irlandês responsável por imagens para M.I.A. e U2, além de levar o prêmio IFTA 2011.

30/11 – Teatro Oi Futuro Flamengo/16h/Gratuito com distribuição de senhas 30 minutos antes do espetáculo.

Assistindo as sessões do MULTI_CINEMA que começa as 16h00 você garante um ingresso para os espetáculos previstos para às 19h30.

O conteúdo do Multi_Cinema

Acompanhando nossa Semana Especial Multiplicidade 2011, apresentamos também diversas sessões de cinema ao longo de todos os dias. Divididos em cinco programas, teremos um conteúdo videográfico nunca antes apresentado no Rio de Janeiro, com material selecionado a dedo pela curadoria de Batman Zavareze.

Além de rolos de filmes diversos, teremos também o filme “O Fim do Sem Fim” do cineasta Cao Guimarães, no dia 28 de Novembro um pouco antes da apresentação do Carlos Casas no IAB.

Essas sessões serão exibidas tanto no teatro do Oi Futuro como no Cubo montado na área externa do centro cultura, exibindo diversos trabalhos de diversos artistas que passaram ou tiveram ligação com a história do festival.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=V5Nptlu7ua0]

>>> CUBO

[Entrada Franca]

> PROGRAMA 1: Retrospectiva Multiplicidade 7 anos

Exibição de diversas apresentações escolhidas dentre as quase 100 já realizadas pelo Multiplicidade ao longo desses 7 anos.

Nudesordem_Tom Zé_Daedelus_Diplo_Leandro HBL_D-Fuse_Peter Greenaway_Chelpa Ferro_Jaques Morelenbaum_Arnaldo Antunes_Edgar Scandurra_Marcia Xavier_Muti Randolph_Clara Sverner_Blind Date_AntiVJ_Principles of Geometry_The Cinematic Orquestra_Carlinhos Brown_Arterial_Gualter Pupo_Letuce_HOL_Spooky_Eumir Deodato_Breno Pineschi_Zach Lieberman_Daito Manabe_Siri_ Deborah Engel_Gustavo Lacerda_ Augusto Malbouisson_Media Sana_Duplexx_Paulo Vivacqua_Hurtmold_Fabio Ghivelder_Tom Zé_João Donato_Donatinho_Belisário Franca_Cubículo_Tato Taborda_Alexandre Fenerich_Fernanda_Ramos_Uakti_Multi_Lab_Xplau_Carlos Casas_Sebastian Escofer_Fausto Fawcett & Os Robôs Efêmeros_Laufner_Dado Villa-Lobos_Barrão_Marta Jourdan_ Prins Nitran_Pan&Tone_Rabotnik_Petahertz_Jaques Morelenbaum & Orquestra Sinfônica

24/11 _ 11h às 16h

29/11 _ 11h às 20h

30/11 _ 11 às 20h

01/12 _ 11h às 16h

Entrada franca.

 > PROGRAMA 2: Carlos Casas “Fieldworks”

Projeção de diversos trabalhos cinematográficos gravados em campo pelo artista Carlos Casas complemento da trilogia END.

25/11 _ 11h às 16h

26/11 _ 11h às 16h

27/11 _ 11h às 16h

Entrada Franca.
.
.
.
.
.

>>> TEATRO OI FUTURO FLAMENGO

> PROGRAMA 3: Beto Magalhães, Cao Guimarães e Lucas Bambozi “O Fim do Sem Fim”

Rodado em 10 Estados brasileiros, o filme de 2001 é um mergulho na inventividade e resistência dos homens diante das mudanças tecnológicas e culturais. Num contínuo debate entre a finalidade e o fim das coisas, as evoluções contemporâneas são tratadas pelos próprios indivíduos retratados.

Privilegiando aspectos ligados à existência, hábitos, e obsessões dos personagens, o filme percorre existências veladas, ofícios atávicos e práticas anacrônicas que compõem o retrato de um povo.

26/11 _ 18h às 19:30

Entrada franca. Senhas distribuídas 30 minutos antes do filme. 

> PROGRAMA 4: Filmes e animações com curadoria Multiplicidade

Conteúdo selecionado de artistas que passaram pelo Multiplicidade.

XPLAU_Michal Kosakowski_Gabriel Mascaro_Seba Lallemand_Rafael Salim_D-FUSE_Hardcuore_1mpar_Adriano Motta_Gustavo de Lacerda_Nico Vascellari

29/11 _ 16h

Entrada franca. Senhas distribuídas 30 minutos antes do filme. 


> PROGRAMA 5: Filmes e animações com curadoria de David Quiles Guilló / ROJO®.

Apresentação de diversos filmes de artistas como Cristopher Cichocki, Alex McLeod, Sara Ludy,Yoshi Sodeoka, Robert Seidel, Sophie Gateau, 310k / Sergei Sviatchenko, Carolina Melis, Jan Goldfuss, Emilio Gomariz, A. Bill Miller, Boris Hoppek, Jimmy Joe Roche, Beth Wexler, E*ROCK, Abstract Birds & Quayola.

Logo após, apresentação especial do perfil do artista irlandês David O’Reilly.

30/11 _ 16h

Entrada franca. Senhas distribuídas 30 minutos antes do filme. 

.

.

.

MULTI_CINEMA

Data: Dia 24 de Novembro a 01 de Dezembro.

Local: Oi Futuro do Flamengo – Rua Dois de Dezembro, 63.

Sessões no Cubo: Entrada gratuita.

Sessões no Teatro: Entrada gratuita, com distribuição de senhas 30 minutos antes. ( capacidade 88 pessoas)

Censura: Livre

Serviços das performances da Semana Especial Multiplicidade 2011

Como a semana do Festival Multiplicidade 2011 acontece em diversos dias e locais da cidade, surgiram diversas dúvidas sobre onde comprar e como seria para ir nos dias de espetáculos e sessões de cinema.

Apesar de grande parte acontecer no Oi Futuro Flamengo, teremos acontecimentos no Instituto Cervantes de Botafogo, no Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB) e na praça Xavier de Brito, na Tijuca. Abaixo, fizemos um guia dos serviços das apresentações e das sessões de cinema do Festival.

>> Dia 24 de Novembro – Projeto Cavalo

Onde: Oi Futuro Flamengo, 19:30 (88 lugares).

Ingressos: R$15 (R$7,50 para estudantes).

Locais de Venda:

A partir de 21/11 em www.ingresso.com  (30% dos ingressos apenas)

A partir de 22/11 no Oi Futuro Flamengo

>> Dia 25 de Novembro – Exposição END

Onde: Instituto Cervantes de Botafogo, a partir de 18:00.

Ingressos: Entrada gratuita, sujeita a lotação.

>> Dia 26 de Novembro – END_Performance

Onde: Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), 20:00. (400 lugares)

Ingressos: Entrada gratuita. Senhas distribuidas no Oi Futuro Flamengo 30 minutos antes do espetáculo.

>> Dia 27 de Novembro – Projeto Cavalo na Praça Xavier de Brito

Onde: Praça Xavier de Brito, entre a Avenida Maracanã e Rua Dr. Octavio kelly. A partir de 12:00

Ingressos: Gratuito. Vans saindo do Oi Futuro Flamengo às 11:30 (sujeito à lotação)

>> Dia 29 de Novembro – O Manifesto Futurista

Onde: Oi Futuro Flamengo, 19:30 (88 lugares).

Ingressos: R$15 (R$7,50 para estudantes).

Locais de Venda:

A partir de 28/11 em www.ingresso.com  (30% dos ingressos apenas)

A partir de 29/11 no Oi Futuro Flamengo

>> Dia 30 de Novembro – Matéria Obscura

Onde: Oi Futuro Flamengo, 19:30 (88 lugares).

Ingressos: R$15 (R$7,50 meia-entrada).

Locais de Venda:

A partir de 28/11 em www.ingresso.com  (30% dos ingressos apenas)

A partir de 29/11 no Oi Futuro Flamengo

>> Dia 01 de Dezembro – Kynoramas Glauber Machine

Onde: Oi Futuro Flamengo, 19:30 (88 lugares).

Ingressos: R$15 (R$7,50 meia-entrada).

Locais de Venda:

A partir de 28/11 em www.ingresso.com  (30% dos ingressos apenas)

A partir de 29/11 no Oi Futuro Flamengo

Fechando o Festival Multiplicidade 2011: Kynoramas Glauber Machine

Banner_Dia07No ano em que Glauber Rocha completa 30 anos de falecimento, o festival Multiplicidade dedica uma noite inteira a homenagear o cineasta e pensador por seu papel como um dos mais importantes artistas brasileiros do último século.

Glauber foi responsável por um novo pensamento no cinema, o cinema novo, onde buscava romper com os padrões impostos pela indústria cinematográfica norte-americana e criar uma linguagem e identidades genuinamente nacionais. A partir de então, criou filmes como Barravento (1962), Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964) e Terra em Transe (1967), considerados clássicos absolutos na videografia brasileira.

Dialogando com a temática do festival Multiplicidade que flerta com o cinema nesta semana especial, este dia promove um mergulho na obra do cineasta em três momentos: lançamento de sua biografia, conversa com o escritor Nelson Motta e um remix audiovisual de sua obra.

Abrindo a noite, o biógrafo Nelson Motta lança Primavera do Dragão, seu último livro em que acompanha a trajetória da juventude do autor, desde seu nascimento em Vitória da Conquista, no interior da Bahia, até antes do estouro de Deus e o Diabo na Terra do Sol. Seguindo, um bate-papo com o autor dá sequência a discussões sobre esses primeiros anos de Glauber.

Logo após o coletivo A_Factory liderado por Pedro Paulo Rocha, filho de Glauber, realiza a performance Kynoramas Glauber Machine, remixando ao vivo trechos de filmes do diretor. O coletivo surgiu em 2010 a partir de encontros de artistas de diferentes áreas, que experimentavam processos híbridos nas artes, utilizando-se de diversas linguagens, meios e tecnologias, onde os integrantes do grupo fazem um crossover de cinema, música, poesia, artes plásticas, teatro.

Finalizando a data e também essa semana especial, o DJ Nado Leal comanda o coquetel de encerramento da sétima temporada do festival Multiplicidade_Imagem_Som_inusitados no ano de 2011.

Horários

19:30 – Lançamento do livro A Primavera do Dragão, de Nelson Motta, biografia de Glauber Rocha, e conversa com o autor.

20:30 - Kynorama Glauber Machine, releitura da obra do diretor Glauber Rocha pelo coletivo formado pelo seu filho Pedro Paulo Rocha junto com Fernando Falcoski e Caleb Mascarenhas.

21:00 – Coquetel de encerramento do Multiplicidade 2011 com DJ Nado Leal.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=51fp8_ri3P4]

Kynoramas Glauber Machine

Data: Dia 01 de Dezembro de 2011

Local: Oi Futuro do Flamengo – Rua Dois de Dezembro, 63.

Horário: 19h30

Entrada: R$15,00 (com meia-entrada – R$7,50)

Capacidade do local: 88 lugares

Censura: Livre

Thomas Köner e Jürgen Rebler – Matéria Obscura

No dia seguinte, 30 de Novembro, Thomas Köner se junta ao seu parceiro de longa data, o também alemão Jürgen Reble, apresentando Matéria Obscura no tearto do Oi Futuro Flamengo.

Baseado na certeza de que nosso universo é composto por matéria de cor escura e imperceptível, a obra visual apresenta aproximadamente 25.000 scans de imagens de texturas celulares em alta resolução, expandidas e manipuladas conforme a regência do músico, simulando exatamente esse espaço desconhecido e instigante.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=uhxpjS90QcY]

Thomas Köner + Jürgen Rebler – Matéria Obscura

Data: Dia 29 de Novembro de 2011

Local: Oi Futuro do Flamengo – Rua Dois de Dezembro, 63.

Horário: 19h30

Entrada: R$15,00 (com meia-entrada – R$7,50)

Capacidade do local: 88 lugares

Censura: Livre

Thomas Köner e Ivana Neimarevic – O Manifesto Futurista

Na terça-feira, dia 29 de novembro de 2011, Thomas Köner e sua esposa, a pianista sérvia Ivana Neimarevic, apresentam-se no Oi Futuro Flamengo o trabalho Futurist Manifesto, executado pela primeira vez ao Rio de Janeiro.

A obra, com performance ao vivo dos dois artistas, reinterpreta o Manifesto Futurista escrito por Fellipo Tomaso Marinetti em 1909, colocando-se no lugar do poeta italiano e interrogando seu texto em tempos atuais, criando tanto um regresso ao futuro como um regresso do futuro, para discutir temas como velocidade e a informação de acordo com a proposta original.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=dDmX3YGSGys]

Thomas Köner + Ivana Neimarevic – O Manifesto Futurista

Data: Dia 29 de Novembro de 2011

Local: Oi Futuro do Flamengo – Rua Dois de Dezembro, 63.

Horário: 19h30

Entrada: R$15,00 (com meia-entrada – R$7,50)

Capacidade do local: 88 lugares

Censura: Livre

Perfil do artista Thomas Köner, atração sa semana especial Multiplicidade 2011

Thomas Köner é um artista multimídia alemão cujo trabalho se baseia em combinar experiências visuais e sonoras, criando performances audivisuais e contextuais. Ao longo de sua carreira, criou diversas instalações e ambientações sonoras minimalistas, chegando até à produção do gênero músical conhecido como dub techno.

Começou seus estudos ainda durante o curso de graduação em música eletrônica no CEM-Studio, em Arnhem, e no Conservatório de Música de Dortmund, posterioremente trabalhando como editor e engenheiro de som para cinema. A partir dessa experiência, Köner iniciou a produzir música por conta própria.

Posteriormente realizou o que seria a primeira de muitas colaborações junto ao cineasta experimental Jürgen Reble, a performance Alchemie (1992), seguindo como compositor de trilhas sonoras e música para filmes clássicos, inclusive apresentado esse trabalho no museu do Louvre e o Musée D’Orsay, ambos em Paris.

No ano de 2000, recebeu do Montreal International Festival New Cinema New Media o prêmio máximo na categoria de Novas Mídias. Em 2004, recebeu o “Golden Nica”, prêmio máximo de um dos mais importantes festivais de arte e tecnologia do mundo, o Ars Electronica, junto com o “Produktionspreis WDR / Deutscher Klangkunst-Preis”, dedicado aos maiores produtores de áudio da Alemanha.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=aCavkcOfhxo]

Sua instalação “Suburbs of the Void” recebeu o prêmio Transmediale em 2005, apresentada posteriormente na Bienal de Veneza do mesmo ano. Com o vídeo “Nuuk” recebeu o Tiger Cub Award de melhor curta no Festival de Rotterdam, lhe rendendo a oportunidade de criar cinco instalações permanentes pelo Museu Rimbaud em Charleville-Mezières, na França, e posteriormente para diversas outras galerias e museus.

Ao longo desses quase 20 anos de trabalhos dedicados ao audiovisual, o artista realizou performances em dezenas de países, incluindo passagens pelo Brasil (Recife/2010), Argentina, Chile, além de diversos países Europa e Ásia.

O END_Performance no IAB

Carlos Casas + Chelpa Ferro – END_Performance

Apresentação única no dia 26 de novembro de 2011

 

O Festival Multiplicidade, em seu sétimo ano consecutivo, apresenta uma performance única de Carlos Casas junto ao grupo carioca Chelpa Ferro, recriando ao vivo a trilha sonora dos filmes que compõe END. A proposta é recriar a trilha do filme, mesclando elementos sonoros captados e produzidos por Carlos com a identidade sonora experimental do grupo.

Criado em 1995 pelos artistas plásticos Barrão e Luiz Zerbini, e pelo editor de cinema Sergio Mekler, o Chelpa Ferro explora a plasticidade do som em esculturas, objetos, instalações, performances e apresentações musicais que desafiam os sentidos do espectador. Entre outras mostras, o grupo esteve nas bienais de Veneza (2005), Havana (2003), São Paulo (2002, 2004) e na Bienal de Arte Contemporânea de Liverpool (2002).

Essa apresentação única e histórica acontece no dia 26 de Novembro, sábado, no Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), anexo ao prédio do centro cultural Oi Futuro Flamengo.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=EwdTe3BtqPI]

> Serviço:

Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB)

Rua. do Pinheiro, 10 – Flamengo

CEP 22221-050 – Rio de Janeiro-RJ

(21) 2557-4480

(21) 2557-4192

iabrj@iabrj.org.br

www.iabrj.org.br

Entrada Franca, sujeita à lotação.