PAINEL _ Festivais Internacionais de Vanguarda

vanguarda

Dentro da ocupação da Escola de Artes Visuais do Parque Lage, o Festival Multiplicidade abre um espaço para discussão sobre Festivais Internacionais de Vanguarda.

Artistas e gestores da cultura estarão juntos para refletir sobre a importância e o intercâmbio de plataformas de artes de vanguarda, desde a sua estrutura, a concepção, a curadoria, a captação e até a sua gerência.

A ideia é estimular o intercâmbio entre o Brasil e países que estão promovendo festivais de artes avançadas de excelência e que estão fora do eixo tradicional de nossas pesquisas.

Palestrantes:

Sonica FestivalCathie Boyd (Glasgow/ Escócia)

Sonorities Festival / SARC – Pedro Rebelo (Belfast/ Irlanda do Norte)

Mediação: Luis Marcelo Mendes (Fundação Roberto Marinho)

Colaboração e reflexão: Batman Zavareze (Festival Multiplicidade), Grupo dos Festivais Internacionais do Rio de Janeiro e Marcos Guzman (Green Sunset /SP)

===========================================

PAINEL_Festivais Internacionais de Vanguarda

Participação de Cathie Boyd, Pedro Rebelo
Mediação: Luiz Marcelo Mendes
Colaboração e reflexão: Batman Zavareze, Grupo dos Festivais Internacionais do Rio de Janeiro e Marcos Guzman

Sábado, dia 7 de Dezembro
Horário: 10h00 às 22h00

Local: Auditório

Lotação: 100 pessoas inscritas previamente pelo email info@multiplicidade.com
Estarão disponíveis equipamentos de tradução simultânea.

INSTALAÇÃO _ Chamada ao Trabalho / Belfast

sonscidade

Os ruídos acumulados em uma memória sonora podem até ser evocados na lembrança, mas raramente ficam armazenados com a mesma precisão de uma paisagem ou de uma cena.

Talvez por isso os cinco habitantes de Belfast (Irlanda do Norte) tenham ficado igualmente surpresos e encantados ao serem procurados por um grupo de artistas interessados em suas memórias sonoras.

Professor do SARC (Sonic Arts Research Center), em Belfast, o português Pedro Rebelo juntou seus alunos de doutorado para colher as memórias dos habitantes e organizá-las em um projeto poético sobre a relação entre as paisagens urbanas e seus contornos sonoros. Depois de entrevistas e muita pesquisa de campo, Matilde Meireles, Rui Chaves, Aonghus McEvoy e Rebelo criaram as quatro instalações dentro do projeto Os Sons da Cidade, que será aberta no Parque Lage.

O então grupo realizou um mapeamento sonoro da cidade, compilando ruídos, música e depoimentos em uma instalação. Essa obra, que utiliza diversos tipos de saída de som (como caixas eletroacústicas e megafones), estará instalada na Rua 1 do Parque Lage e aberta a visitação sábado e domingo, dias 7 e 8.

===========================================

Chamada ao Trabalho / Belfast
Com Pedro Rebelo, Matilde Meireles, Rui Chaves e Aonghus McEvoy IRL/PORT

Sábado e Domingo, dias 7 e 8 de Dezembro
Horário: 10h00 às 22h00
Local: Rua 1

Lotação: circulação normal do Parque Lage

Workshop Circuit Bending com Barry Cullen (GB) e Cristiano Rosa (BR.rs)

workshop

 Em momento inédito do Festival Multiplicidade, o EAV Paque lage recebe uma oficina de Circuit Bending e Arte Sonora ministrada pela dupla Barry Cullen (GB) e Cristiano Rosa (Pan&Tone – BR).

O foco da oficina é na atividade prática de reciclagem criativa de eletrônicos descartados e a construção de instrumentos eletrônicos audiovisuais utilizando a técnica de “Circuit Bending”. O resultado do workshop será exposto e utilizado na 1ª performance do dia seguinte, ao redor do casarão (Rua 2) sob o comando do artista Arto Lindsay.

Venha aprender a construir seus próprios instrumentos modificando circuitos eletrônicos existentes em diversos aparelhos baratos, brinquedos ou materiais reciclados.

Utilizando metodologia projetual simples e objetiva, os músicos ensinarão técnicas de produção de instrumentos e projetos eletrônicos sonoros utilizando uma diversidade de materiais, tais como, rádios, toca-fitas, pedais de guitarra, osciladores, geradores de pulso, geradores de ruído, filtros, mixers, pré-amplificadores, mini amplificadores, efeitos de distorção entre outros.

> Cristiano Rosa é Pan&tone.

Trabalha com música experimental desde 1989, quando utilizava colagens com fita cassete amassadas, microfonias e percussão em sucata. A partir 2006 iniciou sua pesquisa, deselvolvendo uma série de instrumentos
audio-visuais baseados na técnica de Circuit Bending. Realiza constantemente oficinas promovendo a técnica e incentivando a criação de grupos locais.

http://panetone.net

> Barry Cullen é BEW / dodgy stereo.

Seu trabalho é feito pela mistura de sons e imagens analógicas com tecnologia doméstica com sons de estúdio digitais modernos e gráficos, tentando encontrar um equilíbrio entre a criação de algo novo e sua interação com algo reciclado.

http://dodgystereo.com/

=============================================================

WORKSHOP_CIRCUIT BENDING E ARTE SONORA
Com Barry Cullen – IRL + Cristiano Rosa – BR (rs)

Sexta-feira, dia 6 de Dezembro
Horário: 10h00 às 17h00
Local: Sala de desenho

Lotação: 20 pessoas inscritas previamente através do email info@multiplicidade.com
Workshop realizado em parceria com o British Council

Happenings dia #1 – 15/11 – Marco Donnarumma + Miguel Ortiz + Ana Weisling

O Festival Multiplicidade – em parceria com o Festival Panorama – apresenta, no próximo dia 15, dentro do Projeto HAPPENINGS, um espetáculo de biomúsica com a performance de Marco Donnarumma, Miguel Ortiz, Anna Weisling no Centro de Artes Hélio Oiticica. Os três apresentarão uma pesquisa científica de vanguarda onde utilizam o corpo humano para gerar música, sons e interferências visuais junto a softwares de ponta. Essa pesquisa única e inovadora tem como berço o SARC (Sonic Arts Research Center), um laboratório multimídia criado com a supervisão do compositor Karlheinz Stockhausen, na Irlanda do Norte, e que a curadoria do Festival Multiplicidade traz com exclusividade ao Brasil.

Marco Donnarumma traz o espetáculo “Hypo Chrysos”, no qual interage com pedras presas aos próprios braços e que, através de seu esforço para arrastá-las, geram sons totalmente novos e imagens, que serão reproduzidas em uma tela no fundo do palco. Em seguida, Marco se juntará a Miguel Ortiz e Anna Weisling para uma performance exclusiva unindo música, alta tecnologia visual e pesquisas científicas inovadoras, três elementos que resultam na vanguarda que o SARC representa hoje.

HAPPENINGS@PANORAMA@MULTIPLICIDADE 2012  - Dia #1
Marco Donnarumma + Miguel Ortiz + Anna Weisling (Sonic Arts Research Center/ Irlanda do Norte)

Dia 15 de novembro (quinta-feira)
Local: CENTRO DE ARTES HELIO OITICICA – Rua Luiz de Camões, 68 (Rio de Janeiro)
Horário: às 19h no teatro: Marco Donnarumma + Miguel Ortiz + Anna Weisling
Entrada: grátis
Capacidade do teatro: 100 lugares
Censura: Livre

info@multiplicidade.com
Curadoria: Batman Zavareze